PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
post
page
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
post
page
Publicidade

Projeto apoiado pelo Governo de Sergipe auxilia espaços de beleza e estética

Um projeto apoiado pelo Governo do Estado por meio da Fundação de Apoio à Pesquisa e à Inovação Tecnológica (Fapitec/Se) visa oferecer soluções para gestão de espaços de beleza e estética em todo o território brasileiro. Trata-se do “Visu”, uma das iniciativas contempladas pelo edital do Programa de Apoio à Inovação em Empresas Brasileiras (Tecnova II).

O projeto tem como foco processar pagamentos e resolver problemas bancários para profissionais de beleza, além de se tornar uma aplicação SaaS (Software as a Service), que é aquela comercializada de maneira autônoma na internet. O tempo previsto para a execução do projeto é de cerca de 15 meses.

Coordenador do projeto, Gabriel Lima relata que a ideia surgiu após receber uma demanda através de um proprietário de uma barbearia em Sergipe. Ainda em seus primeiros meses de existência, o profissional já havia utilizado diversas soluções em pagamentos. Em cada uma delas, diferentes problemas foram observados, a exemplo de erros em comissões e agendamentos, gerando conflitos internos entre equipes.

“Fomos convidados a fazer uma pesquisa e desenvolver uma solução. Ao levantar a estimativa de custo, ficaria inviável para ele. Mas a gente enxergou uma oportunidade. Ele custeou uma parte do projeto, mas entramos com mais de 90%. Ele não é sócio, mas é um cliente piloto que nos ajudou a vender para outras barbearias e salões. Ele validou nosso negócio. É uma demanda de mercado que a gente percebeu que era muito aderente ao que a gente buscava de inovação”, explica o coordenador do projeto.

Gabriel Lima também destaca a importância do apoio da Fapitec em iniciativas de fomento aos novos empreendimentos com caráter inovador. “Acho importante o apoio do Governo de Sergipe, isso é indispensável para que a gente incentive o empreendedorismo técnico no nosso estado e para que o nosso mercado possa evoluir, passando a ser mais qualificado e com inovações mais abrangentes”, opina.

Tecnova II

O edital Tecnova II busca estimular as atividades de inovação e incrementar a competitividade entre empresas no cenário pós-pandemia. A seleção contempla empresas brasileiras com sede em Sergipe e faturamento anual de até R$ 16 milhões. As empresas autoras das propostas selecionadas e contratadas terão acesso ao suporte técnico da Fapitec para auxiliar na execução dos projetos. O Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT/FINEP) é responsável pelo financiamento do programa, que inclui um aporte global de R$ 2 milhões.

Fonte: Governo de sergipe

Publicidade