A correta identificação do paciente. Esse o tema de capacitação ocorrida esta semana no Hospital Universitário de Lagarto (HUL-UFS), tendo como público alvo profissionais de saúde, professores e estudantes da unidade hospitalar. O objetivo é qualificar ou atualizar os colaboradores para a devida prestação dos cuidados em favor dos usuários do hospital.   

De acordo com o protocolo de identificação do paciente do HUL, a identificação correta do usuário é o processo através do qual o serviço de saúde assegura que determinado procedimento diagnóstico ou terapêutico seja destinado à pessoa que dele necessita.

Processo esse, considerado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) como a primeira meta internacional de segurança a ser cumprida pelos serviços de saúde, sendo de responsabilidade multidisciplinar, uma vez que envolve aspectos estruturais, boas práticas profissionais e a participação ativa do usuário.

“São metas que precisam ser cumpridas em todos os serviços de saúde, para garantir uma maior segurança em todo o processo assistencial”, ressalta Ana Libório, chefe do Setor de Gestão de Qualidade e Vigilância em Saúde do HUL, e responsável pelo Núcleo de Segurança do Paciente do hospital. “Com a implementação dessas metas tem-se um menor índice de danos desnecessários decorrentes de falhas nos processos de trabalho”, diz.

Para os colaboradores do hospital que não puderam participar da capacitação presencial, será disponibilizada uma videoaula com os temas abordados durante o evento, para que todos os colaboradores do HUL tenham a oportunidade de se atualizarem e assim ofertar uma assistência segura e qualificada aos usuários da unidade hospitalar.  

A iniciativa da capacitação foi do Setor de Gestão de Qualidade e Vigilância em Saúde, com apoio do Setor de Gestão de Processos e Tecnologia da Informação (SGPTI) e da Divisão de Gestão de Pessoas (DivGP) da unidade hospitalar.  

Sobre a Ebserh

O HUL-UFS é filiado à Rede Ebserh, instituição vinculada ao Ministério da Educação (MEC) que administra atualmente 40 hospitais universitários federais. O objetivo é, em parceria com as universidades, aperfeiçoar os serviços de atendimento à população, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), e promover o ensino e a pesquisa nas unidades filiadas.

A empresa, criada em dezembro de 2011, também é responsável pela gestão do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf), que contempla ações em todas as unidades existentes no país, incluindo as não filiadas à Ebserh.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here