PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
post
page
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
post
page
Publicidade

Câmara Criminal do TJ/SE mantém Valmir Monteiro na prisão

Na manhã desta terça-feira (30), encerrou o julgamento do Habeas Corpus do prefeito licenciado de Lagarto, Valmir Monteiro, na Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Sergipe (TJSE). O voto decisivo foi dado pela desembargadora Ana Lúcia dos Anjos que, depois de pedir vista, votou pela manutenção de Monteiro no Presídio Militar (PRESMIL).

Antes dela, votaram o relator do caso no tribunal, Marcel Britto, que determinou a soltura de aliados de Valmir, e a juíza convocada Maria Angélica França e Souza, que votou pela soltura do gestor. 

A decisão de hoje contraria as expectativas de aliados que esperavam, pelo menos, que Valmir deixasse a carceragem do Presídio Militar. Uma vez que a maioria das sentenças tomadas em relação ao prefeito eram unânimes.

Em breve, o corpo jurídico do prefeito Valmir deve se manifestar sobre o assunto.

Vale lembrar que Valmir foi preso preventivamente no último dia 22 de fevereiro, durante a Operação Leak. Ela faz parte da investigação sobre os desvios de verbas públicas no matadouro municipal de Lagarto. Enquanto o caso do prefeito segue em segredo de justiça.

Publicidade