O deputado federal Fábio Reis (MDB/SE) participou de reunião com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, juntamente com a bancada sergipana, da qual é coordenador, na manhã desta quarta-feira (29) para tratar da situação das BRs que cortam o Estado.

Fábio Reis informou que a duplicação da BR-101 ainda apresenta problemas, com trechos parados e outros sem conclusão no processo de licitação. “A obra existe há cerca de 20 anos e ainda não há previsão para término, embora existam alguns segmentos já duplicados e liberados. É hora de o ministério encontrar dotação e devolver para Sergipe os recursos que foram retirados para envio a outros estados”, disse o parlamentar.

Os participantes trataram também da concessão da BR-235, que pode ser feito via Estado, ou pode ter o processo acelerado por meio da federalização de outros trechos de rodovias estaduais.

Em fevereiro, o ministério da Infraestrutura inaugurou um trecho construído na BR-235, na divisa entre a Bahia e Sergipe. O trecho de 79,3 quilômetros corresponde ao lote 1, localizado entre os municípios de Jeremoabo (BA) e Carira, no lado sergipano. Na passagem, que conta com cinco pontes, foram realizados os serviços de terraplenagem, pavimentação e sinalização.

Ministério – Segundo Tarcísio, a prioridade é concluir o encabeçamento da ponte sobre o rio São Francisco, duplicar os 25 km da BR-101 e realizar as manutenções nas rodovias. “Em 2019, será entregue parte da duplicação na BR-101/SE, sendo 7 km entre Carmópolis e Laranjeiras e 18 km entre Propriá e Japaratuba”, explicou o ministro.

Participaram do encontro os deputados Bosco Costa (PR/SE), Fábio Henrique (PDT/SE), Fábio Mitidieri (PSD-SE) e Valdevan Noventa (PSC-SE); os senadores Maria do Carmo Alves (DEM/SE), Alessandro Vieira (CIDADANIA/SE) e Rogério Carvalho (PT/SE); os deputados estaduais, Luciano Bispo, Zezinho Guimarães, Zezinho Sobral, Talysson de Valmir, Dilson de Agripino; o secretário chefe do executivo de Sergipe em Brasília, Dernival Neto, além de representantes do Ministério da Infraestrutura e do Departamento Nacional De Infraestrutura de Transportes (Dnit).

Fonte: Assessoria Parlamentar

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here