Na tarde desta sexta-feira, 27, mais precisamente às 16h, a Praça Filomeno Hora será reinaugurada. A ação foi confirmada pela Prefeitura Municipal de Lagarto, por meio de um convite enviado a imprensa e à sociedade lagartense.

A obra durou 13 meses e custou R$ 761 mil, sendo R$ 142,9 mil do Município de Lagarto e R$ 500,4 do Governo Federal, que enviou os recursos por meio de uma emenda parlamentar conquistada pelo ex-deputado federal Heleno Silva (PRB) e herdada pelo lagartense Fábio Reis (MDB).

Durante a execução das obras, a Filomeno Hora foi palco de diversos debates. O primeiro deles foi relacionado a uma paralisação, ocasionada por falta de recursos do governo federal, que fora resolvido no dia 04 de junho. Já o segundo embate voltou-se para a questão ambiental.

Neste último caso, alguns cidadãos moveram um abaixo-assinado com o objetivo de convencer a Prefeitura de Lagarto a não derrubar algumas árvores centenárias daquele local. O argumento deles era que evitando a derrubada, o Município impediria a formação de uma ilha de calor no centro da cidade.

No entanto, o ato não atingiu seu resultado e as árvores foram derrubadas. Em seu lugar, foram plantados ipês amarelos e roxos, uma vez que – segundo a Prefeitura – a Licença Ambiental emitida pela Administração Estadual do Meio Ambiente (ADEMA) recomendou a substituição das árvores por espécies nativas adequadas, preservando o meio ambiente e mantendo o equilíbrio ecológico. 

Reformada, a nova Praça Filomeno Hora alterou as ruas ao seu redor, com novo modelo de calçamento e de estacionamento. Além disso, a obra goza de amplos espaços abertos, obras de arte, decoração em Eucalipto e o tradicional monumento em honra ao lagartense que concedeu o nome: Filomeno Hora.

1 COMENTÁRIO

  1. RAPZ COMO CONSEGUE INAUGURAR UMA OBRA PELA METADA EIM? KKKKKKKKK
    SÓ EM LAGARTO MESMO ISSO,PORQUE NO PROJETO SÃO DUAS PRACAS A OUTRA NEM SE QUISER MECHERAM AINDA.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here