No último sábado, 22, as ruas do centro comercial de Lagarto foram palco do 1º bloquinho denominado “O artista tem cachê”. A iniciativa reuniu diversos artistas e integrantes do movimento folclórico lagartense em busca de mais valorização por parte dos conterrâneos.

A Associação Folclórica de Lagarto (Asflag) foi as ruas para lembrar a sua existência

Durante o ato, que foi organizado pelo Coletivo de Artes Integradas 7Panos e que seguiu pelas ruas em ritmo de bloquinho carnavalesco, foram expostos cartazes com os dizeres: “Ninguém calará a nossa arte” e “A Associação Folclórica existe e tem Carnaval”.

Além disso, quem transitou pelo centro comercial durante as últimas horas da manhã de sábado pode ver que Lagarto possui artistas circenses, teatrais, musicais, além de um movimento folclórico que está enraizado, porém esquecido da cultura lagartense, que lá estiveram representados pelos Parafusos.

Benício: “Estamos apenas buscando o nosso espaço”

Todo o ato foi de encher os olhos e para a organização, ele superou as expectativas, como contou Benício Júnior, artista e tesoureiro do Coletivo 7Panos. “Nós escolhemos esse nome para o bloco pela questão da valorização mesmo, porque nós nunca fomos valorizados e vemos essa valorização acontecer mais fora da cidade do que dentro. A gente é valorizado fora, enquanto os de dentro valorizam os de fora ofertando cachês altíssimos para os artistas de fora, sendo que tem a mão de obra de artista à altura dentro da própria cidade”, destaca.

“O evento foi incrível e, por isso, vamos mantê-lo como uma tradição anual dos artistas. Com isso, esperamos obter maior valorização e também para unir a categoria, porque é como diz o ditado: A união faz a força. E a gente precisa dessa união para poder termos um direito que é nosso: o apoio do povo lagartense, porque embora a maioria das pessoas não saibam, Lagarto é uma cidade muito artística, embora sua cultura seja completamente desvalorizada. Então estamos apenas buscando o nosso espaço”, completou Benício Júnior.

O ato artístico também contou com os bloquinhos organizados pela Asflag e pelo Ser Cacto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here