PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
post
page
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
post
page
Publicidade

CPF deverá ser adotado como documento-padrão no País

Um documento para votar, outro para tirar o passaporte e um terceiro para se inscrever no vestibular ou num concurso público. Manter essa quantidade de documentos em casa e superar essa peregrinação pode estar perto do fim.

Isso porque uma resolução publicada nesta segunda-feira (2) pelo Comitê Gestor da Identificação Civil Nacional recomenda a adoção do CPF como o documento padrão de identificação nacional do cidadão.

Em outras palavras, o CPF deverá substituir o RG, o título de eleitor e outros documentos de identificação. Assim, caminha para ser a ICN (Identificação Civil Nacional). Isso, porém, ainda depende de um decreto presidencial para entrar em vigor.

O Comitê Gestor da Identificação Civil Nacional foi criado este ano e é formado por membros do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), dos Poderes Executivo e Legislativo e do CNJ (Conselho Nacional de Justiça).

No caso das votações em eleições no País, o CPF será cruzado com dados biométricos do cidadão, “o que garantirá a unicidade dos registros, bem como a identificação inequívoca do cidadão”, garante o comitê.

Houve unanimidade na decisão do comitê pelo CPF para ser o documento nacional. Além disso, o comitê julgou que usar o CPF representa menos custos para os cidadãos, empresas e órgãos públicos.

Fonte: R7

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here