Durante uma coletiva de imprensa realizada ontem, 23, no Palácio dos Despachos, o governador de Sergipe, Belivaldo Chagas (PSD), anunciou a antecipação do 13º salário para todos os servidores do Estado, por ordem de data de aniversário; bem como o retorno do pagamento do auxílio-uniforme e do 1/3 de férias para os servidores da Educação.

“A primeira parcela do 13º salário será paga através de folha suplementar nos meses de setembro, outubro, novembro e dezembro, entre os dias 10 e 12 de cada mês, e a previsão é que os 50% sejam pagos, de forma integral, também em dezembro. Com o montante a ser pago, o governo estima injetar na economia sergipana cerca de R$ 80 milhões”, adiantou o Estado.

Governo investirá R$ 1 bilhão e 400 milhões no pagamento das folhas de setembro a dezembro, antecipação do 13, auxílio uniforme e terço de férias da Educação

Pagamento do 13º: O início do pagamento da 1ª parcela ocorrerá entre os dias 10 e 12 do mês seguinte. Aposentados, pensionistas, servidores, empregados efetivos e comissionados com data de nascimento entre janeiro a abril recebem 50% do valor líquido do 13º salário na folha de setembro.

Já os servidores com data de nascimento entre maio e agosto recebem 50% do valor líquido do 13º salário na folha de outubro/2020. E aqueles com data de nascimento entre setembro a dezembro recebem 50% do valor líquido do 13º salário na folha de novembro/2020.

Aposentados e pensionistas que recebem até R$ 6.000,00 estão excluídos dessa antecipação, uma vez que já estão recebendo o 13º salário de 2020 em 9 parcelas, das quais 5 já foram pagas. Vale ressaltar que o pagamento teve início nos dias 30/04 e 08/05/2020 – junto com a folha do mês de abril, contemplando aproximadamente 90% dos aposentados e pensionistas.

Terço de férias: De acordo com o Governo de Sergipe, o pagamento do adicional de 1/3 de férias a todos os servidores da Educação resultará num investimento de R$ 10 milhões. “O pagamento que seria efetuado no mês de junho foi suspenso, temporariamente, por meio do Decreto Nº 40577 de 16 de abril deste ano, dentro das medidas de austeridade fiscal e financeira do Poder Executivo Estadual, em virtude da queda de receita decorrente da pandemia da Covid-19”, explicou.

Auxílio-uniforme: Em relação aos pagamentos do auxílio-uniforme para policiais militares, que estavam suspensos desde o mês de abril devido à pandemia da Covid-19, o governador informou que serão retomados em duas parcelas de R$ 850 cada, a serem pagas nas folhas de setembro e outubro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here