“A obra começou há pouco tempo, mas já está ficando bem melhor que antes. Agora temos a certeza de que o acesso à capital e o transporte de pessoas enfermas, o transporte escolar e toda a locomoção de veículos será facilitada. Com quem eu converso sobre o assunto, a satisfação é geral’. 

A afirmação do motorista Geniclécio Domingos de Jesus, 23 anos, é a mesma de centenas de moradores e condutores de veículos que trafegam pelo município de Tobias Barreto, a 139 Km da capital, por conta da restauração e melhoramento da Rodovia SE-170, entre a sede do município e Riachão do Dantas, no Centro Sul Sergipano.

Inicio da reforma da SE170 (imagem: Marcos Rodrigues/Sedurbs).

Executada pelo Governo de Sergipe, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade (Sedurbs) e do Departamento Estadual de Infraestrutura Rodoviária de Sergipe (DER), a obra tem investimentos de R$ 32.607.450,63, faz parte do Programa Pró Rodovias e corresponde a recuperação de 50,9 km da SE-170, sendo que a primeira etapa contempla 31,9 km entre Tobias Barreto e Riachão do Dantas e a segunda, 19 km, entre Riachão do Dantas e Lagarto.

Os serviços de intervenção consistem na completa restauração e recuperação dos quase 32 km de malha viária, sedo seis metros de pista de rolamento (três metros de largura cada uma) e dois metros de acostamento (um de cada lado), em que serão utilizados 67.188 toneladas de concreto asfáltico usinado à quente, implantação de sinalização vertical e horizontal.  

Segundo o engenheiro civil, Carlos Gines, apesar de alguns contratempos não previstos, os trabalhos seguem céleres. “Durante a execução das atividades dessa primeira etapa, no trecho localizado na entrada da cidade, descobrimos um manancial subterrâneo, o que nos obrigou a fazer alterações no cronograma e iniciar serviços de drenagem, porém, dispomos de um efetivo de 92 profissionais e 31 máquinas e já fizemos a reciclagem asfáltica do trecho inicial até o entroncamento com a SE-290, que liga o município até Itabaianinha, estamos finalizando a recuperação dos bordos (acostamentos), também desses trechos, e iniciamos a aplicação de camada asfáltica, sendo que a meta de executar 700 m² por dia, de uma margem à outra, está sendo cumprida”, afirma.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here