Após cerca de dois meses de investigação, a Delegacia Regional de Lagarto identificou o autor de um roubo seguido de estupro ocorrido no município. O suspeito já encontra-se preso no sistema prisional sergipano e já foi denunciado pelo Ministério Público Estadual à justiça.

Durante a investigação o suspeito foi preso em flagrante por outro roubo ocorrido em Aracaju.

Segundo a delegada regional, Michele Araújo, a Polícia Civil tomou conhecimento do fato por meio da vítima, que registrou boletim de ocorrência. “A vítima nos procurou e informou que estava em casa com a filha, quando deparou-se com o criminoso no interior da residência, o qual além de roubar diversos pertences, comeu frutas na cozinha e, antes de fugir, a coagiu para que permitisse ser acariciada. De imediato iniciamos as investigações e mediante a coleta e análise de diversas provas, incluindo imagens de câmeras de segurança, conseguimos identificar o suspeito desses crimes”, relatou.

Com as investigações a Polícia conseguiu localizar o celular da vítima, que havia sido roubado na ação criminosa, objeto que já foi restituído à proprietária. “Nós localizamos o aparelho celular já em uso por uma receptadora. É preciso que fique bastante claro para a população que a compra de produtos com origem duvidosa serve de estímulo para crimes como esses, os quais podem vitimar os próprios receptadores no futuro”, alertou a delegada.

Durante a investigação o suspeito foi preso em flagrante por outro roubo ocorrido em Aracaju e permanece preso em um dos presídios do estado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here