No último domingo, 03, o secretário Municipal de Saúde e vice-prefeito de Simão Dias, Renaldo Prata (PSB), utilizou suas redes sociais para denunciar o estágio de abandono com a qual foi encontrado uma Unidade Básica de Saúde (UBS) do Município. 

Dentre os problemas encontrados estão: paredes infiltradas, computadores sem funcionar, ambiente sujo, pias enferrujadas, desorganização de documentos e descarte inadequado de seringas, além da fiação que corre solta e acaba proporcionando um grave risco de incêndio.

“Encontramos situações inimagináveis que estão sendo resolvidas com rapidez. Eu, e nossos profissionais iniciamos um processo de limpeza e organização para conforto de nossos pacientes, vamos institucionalizar a saúde de nosso município”, destacou o secretário e vice-prefeito de Simão Dias.

E completou: “Além dessas ações, centralizamos e já colocamos em prática a central de marcações em um ambiente único, pra evitar deslocamento de nosso paciente e facilitando o acesso (Marcações de consultas, exames e cirurgias serão realizadas ao lado da Clínica da Família).

Após essa etapas, vamos elaborar planilhas de gastos de cada unidade de saúde, para evitar gastos e desperdícios de materiais, informatização do sistema, descentralização das farmácias aos postos para melhor acesso, uniformes com identificação, organização dos veículos e tabelas de serviço ao público, ampliação dos exames laboratoriais e o planejamento de uma Policlínica, com serviços especializados, para nossa cidade”.

Gestão anterior minimiza a situação da UBS

Diante da situação encontrada na UBS, o ex-secretário de Saúde de Simão Dias, Lenivaldo Nunes, disse a imprensa não querer polemizar o caso e os computadores da regulação de consultas, exames e cirurgias estão funcionando normalmente. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here