O Governo de Sergipe está organizando o planejamento para a campanha de vacinação contra a Covid-19 e já está preparando toda a estrutura para o recebimento, armazenamento e distribuição dos imunizantes, seguindo o Plano Estadual de Vacinação. Com isso, o Estado já adianta todo o processo logístico, mesmo que ainda não haja a definição de quais vacinas estarão disponíveis. 

Governo adianta planejamento logístico, mesmo sem a definição de quais vacinas serão utilizadas.

“Recebendo as vacinas, estamos com a logística pronta. Temos câmaras frias que vão abrigar as vacinas e transportá-las na temperatura ideal”, assegurou o governador Belivaldo Chagas.  

Para isso, a Central Estadual de Armazenamento e Distribuição de Imunobiológico (Ceadi) conta com estrutura de sala de preparo climatizada, almoxarifado, área de carga e descarga, duas câmaras frias para armazenamento de imunobiológicos na temperatura positiva entre +2º C+ 8º C, cinco freezers convencionais para armazenamento de vacinas negativas na temperatura entre -30º C e – 15º C, e congelamento de bobinas reutilizáveis.

Para lotes de vacinas que exijam temperaturas de 70° negativos, serão utilizados 2 freezers disponibilizados pelos laboratórios de pesquisa do HU/UFS com capacidade para 820 litros – armazenamento de 200.000 doses

Em Propriá, a SES também possui uma sede de Frio Regional, com estrutura semelhante em relação aos equipamentos, com câmaras de conservação de vacinas para armazenamento de imunobiológicos em temperatura positiva, freezers para armazenamento de bobinas reutilizáveis, almoxarifado e área técnica. 

Distribuição

Ainda de acordo com o Governo do Estado, a ação irá envolver as três esferas gestoras do Sistema Único de Saúde (SUS), contando com recursos da União, das Secretarias Estaduais de Saúde (SES) e Secretarias Municipais de Saúde (SMS), com a meta de vacinar, pelo menos, 95% de cada um dos grupos prioritários. 

O planejamento logístico prevê que os municípios mais próximos da capital (20 municípios das regionais de Aracaju e Nossa Senhora do Socorro) retirem os imunobiológicos na Central Regional de Imunização (Ceadi). Já os municípios mais distantes (39 municípios das regionais de Estância, Nossa Senhora da Glória, Itabaiana, Lagarto) recebem os imunobiológicos no município por meio dos caminhões refrigerados sob a responsabilidade da coordenação estadual de imunização. 

Como a região de saúde de Propriá possui a Central Regional de Imunização, irá receber os insumos para contemplar todos os municípios que integram a região de saúde, por meio do caminhão refrigerado da Ceadi, e 15 municípios desta região fazem a retirada dos insumos diretamente na regional de saúde. 

Com informações da ASN

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here