Na madrugada do último domingo, 24, Sergipe recebeu 19 mil doses da vacina fabricada pela Universidade de Oxford em parceria com a farmacêutica AstraZeneca. Os imunizantes, no entanto, somente chegarão a Lagarto e aos demais municípios sergipanos após a conclusão da vacinação com as doses da Coronavac, a vacina produzida pela chinesa Sinovac em parceria com o Instituto Butantan. 

As 19 mil doses serão utilizadas para continuar a vacinação dos profissionais de saúde que estão na linha de frente no combate à Covid-19. Segundo o diretor de Vigilância em Saúde da Secretaria de Estado da Saúde (SES), Marco Aurélio Góes, a distribuição será feita de maneira gradual, para garantir não haja desperdício e que não falte imunizantes no estado. Ele ainda observou que há secretarias municipais de saúde que ainda faltam vacinar muitos profissionais.

“Só receberão de imediato as vacinas da Oxford os municípios que concluíram a vacinação da Coronavac e que alimentaram o sistema do Ministério da Saúde. A distribuição será gradual e a medida que forem cumpridos os protocolos por cada município”, assegurou Marco Aurélio Góes ao observar que divisão das doses será feita com base populacional e que o número de trabalhadores da Saúde será baseado na campanha da Influenza do ano passado.

Lagarto recebeu 1.521 doses da Coronavac na semana passada

Procurado pelo Portal Lagartense, Carlos Carvalho, Gerente de Imunização e Rede de Frio da SMS, informou que, na semana passada, Lagarto recebeu 1.521 doses da Coronavac e que já foram imunizados 704 pessoas de um total de 3.930 previstos para esta primeira etapa da campanha de vacinação. Ele ainda informou que figuram entre os imunizados: profissionais de saúde (659), idosos do Asilo Santo Antônio (43) e portadores de necessidades especiais institucionalizados (02).

Lagarto deu início a sua campanha de imunização contra o novo coronavírus na semana passada e, de acordo com a prefeita Hilda Ribeiro (Solidariedade), 100% dos idosos  e pessoas de deficiência institucionalizados já foram imunizados. Entre os profissionais de saúde que atuam no município, Ernania Leite foi a primeira imunizada.

 

 

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here