O governador, Belivaldo Chagas, anunciou na tarde de hoje, 4, durante uma coletiva de imprensa, novas medidas restritivas para conter a propagação da Covid-19 no estado. Entre elas, está a proibição de quaisquer eventos a partir desta sexta-feira, 5, até o dia 21 de março.

“São medidas necessárias para evitar um colapso no sistema de saúde e evitar mortes”, disse o governador.

Além disso, também ficam suspensos os serviços não essenciais durante os próximos dois finais de semana, como a venda de bebida alcoólica. 

Sendo assim, ficam suspensas as atividades de bares, restaurantes e similares entre as 18h de sexta-feira e 5h da segunda-feira, sendo permitidos apenas os serviços de delivery e retirada no local, entre os dias 5 e 7 e 12 e 14 deste mês. 

“São medidas necessárias para evitar um colapso no sistema de saúde e evitar mortes. Em oito dias tivemos um aumento de 46% no número de casos. Não fazer nada nesse momento é irresponsabilidade. Não vamos impedir o direito de ir e vir de ninguém, mas durante 48h, neste e no próximo final de semana, os bares, restaurantes e os shoppings de todo o estado ficarão fechados”, explicou Belivaldo. 

Ainda de acordo com as medidas anunciadas pelo Governo, todas as atividades essenciais, não essenciais e especiais, com exceção das relacionadas a saúde e segurança, devem ter ocupação máxima de 50% do estabelecimento até o dia 21 de março. Além disso, os serviços não essenciais e especiais ficam proibidos de funcionarem entre as 22h e 5h. 

Já o horário de funcionamento da administração pública não essencial vai de 7h às 13h, com escalas de rodízio e manutenção do atendimento externo. 

O Governador ainda informou que o início das aulas da rede pública estadual, previstas para começarem no dia 22, pode ser adiado. “Nós já convocamos uma reunião extraordinária para a próxima quinta-feira. Dependendo de como estivermos, deliberaremos na próxima quinta feita, sob a possibilidade de adiar, por exemplo, as aulas na rede pública. É possível que a gente suspenda por esse período também as aulas da rede privada. Tudo vai depender dos números dos próximos oito dias”, disse. 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here