Na última quarta-feira, 09, o senador Alessandro Vieira, visto por muitos como pré-candidato ao governo de Sergipe em 2022, surpreendeu ao informar que deixará o partido Cidadania, sigla que ajudou a crescer em todo o estado. Segundo Vieira, o motivo da sua decisão foi a desistência do partido de uma ação oriunda de seu gabinete que foi impetrada no Supremo Tribunal Federal (STF), questionando o chamado Orçamento Secreto do Governo Federal para a compra de apoio político no Congresso Nacional.

O senador decidiu deixar o partido por discordar da desistência do mesmo de uma ação que questiona o Orçamento Secreto do Governo Federal para a compra de apoio político no Congresso Nacional

Diante do ocorrido, o presidente do Diretório Municipal do Cidadania em Lagarto, Itamar Santana, afirmou que a Executiva Estadual está trabalhando junto com a Executiva Nacional do Cidadania para reverter a situação e manter o senador nas fileiras do partido. “O momento exige cautela, então vamos aguardar até a próxima semana”, comentou.

Itamar ainda afirmou que, após o anúncio da desfiliação do senador, não houve nenhum sinal de debandada do partido em Lagarto. Por outro lado, é importante lembrar que, em sua nota, o senador Alessandro Vieira reitera sua consideração pela sigla e pede para que nenhum filiado procure sua imediata desfiliação.

“A todos os filiados e simpatizantes do nosso trabalho, peço que permaneçam neste momento no Cidadania, pois avaliaremos com calma os próximos passos e, independente de sigla partidária, o nosso grupo se manterá unido. As decisões futuras serão tomadas com calma, dialogando com todos que fazem parte deste projeto, e buscando fortalecer ainda mais esse grupo que vem construindo a mudança que Sergipe e o Brasil precisam!”, disse o senador. 

Nas redes sociais, o Cidadania iniciou a campanha #FICAALESSANDRO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here