PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
post
page
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
post
page
Publicidade

População reclama da demora nos atendimentos no HUL

Ao longo desta semana, o Portal Lagartense.com recebeu várias reclamações de populares sobre a demora para serem atendidos no Hospital Universitário de Lagarto (HUL). Além da demora, os usuários que procuram a unidade se queixam da superlotação.

Foto enviada por um internauta ao Portal Lagartense

Segundo uma internauta que preferiu não se identificar, a mesma adentrou a unidade com sua filha de 02 anos de idade, apresentando uma forte crise de asma, às 22h30, da última quarta-feira (24), e somente conseguiu deixar a unidade por volta das 05h30 do dia seguinte. 

Outra internauta que também não quis se identificar por ainda estar na unidade, informou a reportagem que, nas alas verde e azul, os pacientes estão sem atendimento médico e sem medicação. Contudo, a Assessoria de Comunicação do HUL informou desconhecer tais alegações. “Não temos problema com medicamentos, pois a nossa unidade está abastecida; e nem com a falta de médicos, porque nossas equipes estão trabalhando diuturnamente”, argumentou Marcelo Sandes, assessor de comunicação da unidade.

Sobre a demora nos atendimentos

Aumento da demanda tem gerado demora no atendimento

Em nota emitida no começo da semana, a assessoria de comunicação do HUL informou que desde janeiro deste ano a unidade tem registrado um aumento significativo do número de atendimentos na Urgência, e que por isso “o tempo de espera para atendimento de pacientes classificados como de baixa complexidade ou não urgentes tem sido maior em alguns momentos”.

“Neste primeiro trimestre foram atendidos cerca de 15 mil usuários. O aumento da demanda está refletindo também no atendimento pediátrico do hospital, que passou de uma média histórica de 400 atendimentos/mês para quase 900 atendimentos/mês”, acrescentou o HUL.

 

Publicidade