PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
post
page
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
post
page
Publicidade

Advogados sergipanos repudiam truculência da PM em Lagarto

Diante do ocorrido no último domingo, 24, durante o desfile de um bloco de carnaval no município de Lagarto, a Ordem dos Advogados do Brasil em Sergipe (OAB-SE) emitiu uma nota repudiando a ação da Polícia Militar contra um advogado que participava da festa.

“Walla Viana Fontes foi violentamente agredido por uma guarnição da Polícia Militar após se identificar como advogado e solicitar informações acerca da prisão de um folião conhecido que participava do evento”, diz um trecho do comunicado.

De acordo com o texto assinado pelo presidente Inácio José Krauss de Menezes, a OAB-SE tomou a iniciativa de oficializar o fato ao secretário de Segurança Pública, à Promotoria de Controle Externo da Atividade Policial do Ministério Público de Sergipe e ao Comandante-Geral da Polícia Militar e acompanhará de perto as investigações para exigir a punição aos envolvidos.

Outro caso

No dia anterior, outro caso polêmico de abordagem policial ocorreu na sede do município. Pessoas gravaram uma ação de dois policiais usando a força e levando detidos uma mãe e dois filhos.

As imagens mostram um dos PMs abordando uma mulher, enquanto um rapaz e mais uma garota, filhos dela, utilizavam aparelhos celulares para gravar a ação policial. Em seguida, outro agente tenta impedir a gravação pelo garoto aplicando nele uma rasteira, levando-o ao chão e o algemando.

A Polícia Militar de Sergipe ainda não se posicionou sobre os dois fatos. O Portal Lagartense entrou em contato com o Quartel do Comando Geral, mas não obteve resposta, estando à disposição para ouvir as partes.

Publicidade