PUBLICIDADE

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
post
page

PUBLICIDADE

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
post
page
Publicidade

Simão Dias aparece em 1º Lugar entre os municípios com maior índice de infestação pelo Aedes aegypti em Sergipe

Dengue

O número de municípios sergipanos com alto risco de infestação pelo Aedes aegypti dobrou, de acordo com dados da Secretaria da Saúde do estado de Sergipe divulgados nesta segunda-feira (1º).

De acordo com o segundo Levantamento Rápido de Índice de Infestação do Aedes aegypti (LIRAa), oito cidades de Sergipe estão com alto risco. No primeiro levantamento, realizado em janeiro deste ano, eram quatro. O relatório mostrou ainda que 54 estão com médio risco e apenas 13 municípios estão com risco baixo.

Os municípios com maior risco são: Simão Dias (9,0), Itabaiana (8,3), Areia Branca (7,1), Salgado (5,9), Capela (5,8), Nossa Senhora da Glória (4,8), Siriri (4,1) e Cumbe (4,0).

Alguns dos municípios que apresentaram ou mantiveram o índice alto apontaram um crescimento significativo do primeiro para o segundo LIRAa. A cidade de Itabaiana saiu de (4,0) para (8,3); Simão Dias saiu de (6,4) para (9,0); já Areia Branca saiu do médio risco (1,7) para o alto risco (7,1), representando um aumento de 34,4%.

O índice satisfatório vai de 0 a 0,9; o de média infestação de 1,0 a 3,9 e o de alto risco acima de 4,0. Entre os municípios em condição satisfatória para o Aedes aegypti estão Canindé de São Francisco (0,8), Itabi (0,8), Pacatuba (0); Pedrinhas (0,6); Santana de São Francisco (0,9) e entre outros.

Segundo a gerente de endemias da SES, Sidney Sá, o objetivo do levantamento é identificar em tempo hábil a infestação do mosquito Aedes aegypti existente nos 75 municípios do estado.

Fonte: g1

Publicidade
Publicidade